Make your own free website on Tripod.com
MEDIÇÃO  DA INTENSIDADE SONORA
   Luiz Netto
DECIBELÍMETRO
O aparelho medidor da intensidade sonora de uma fonte chama-se DECIBELÍMETRO.
 
CURVA DE RESPOSTA DO OUVIDO AOS ESTÍMULOS SONOROS
 

O ouvido tem a interessante característica de responder aos estímulos sonoros não de uma forma linear. Se uma fonte sonora dobra a potência emitida o ouvido não percebe que o aumento foi o dobro. A resposta do ouvido é  logarítmica. Dentro dos níveis de potência suportados pelo ouvido -  não importa de que valor se parta, toda vez que dobrar a potência -  o ouvido não percebe como tendo sido aumentado o dobro. Por exemplo, se temos saindo de um altofalante uma potência sonora de 10 Watts e passarmos para 20 Watts, ou se estamos com um alto falante com saida de  de 20W e passamos para 40 Watts, ou indo de 40 W para 80 Watts, isto não é percebido como tendo aumentado o dobro, justamente porque o ouvido responde ao logarítmos dessa relação de potências. Como o nosso objetivo aqui é deixar o conceito da não linearidade da resposta do ouvido ao estímulo sonoro, vamos só indicar a fórmula que se usa para calcular o que acabamos afirmar, sem entrar em detalhes de sua dedução.

Relembrando rápidamente o conceito de logarítmo:
Assim, aplicando a fórmula acima verifiquemos quanto será o aumento em decibeis toda vez que dobrarmos a potência sonora.
Nos exemplos assinalados no gráfico acima calculemos o aumento em decibeis de uma fonte sonora que passe de 10 Watts para 20 Watts.
Verifica-se então pela fórmula acima que toda vez que a relação das potencias for igual a 2 o resultado final será 3.

Donde se conclui: QUANDO SE DOBRA A POTÊNCIA DE UMA FONTE SONORA O AUMENTO É DE 3 DECIBEIS.

A menor potência sonora percebida pelo ouvido humano é feita com um sinal de 1 kilohertz (1.000 ciclos/segundo) à distância de 1 metro, e seu valor é o LIMIAR DA AUDIBILIDADE é ZERO DECIBEIS  e seu valor é:

 
 
Verifiquemos quantos decibeis o LIMIAR DA DOR está acima do nível do LIMIAR DA AUDIBILIDADE:
 
AUDIBILIDADE
 O ouvido não percebe sons de mesma potência com freqüencias diferentes da mesma maneira.
A unidade de nível de audibilidade é denominada de FON.

 Repare no gráfico acima que o ouvido não percebe da mesma maneira sons com freqüencias diferentes. Veja o nível de potência
para a mesma audibilidade (100 Fons) para 1000 Hz e 50 Hz. Para 1000 Hz equivale a 100db e para 50 Hz 110 db. Observe pelo gráfico que quanto menores os níveis de audibilidade mais se acentuam as diferenças. Então o ouvido tem sensibilidade diferente para a gama de freqüencias de áudio. O nível de energia exigido para que se tenha a mesma sensação de potência varia ao longo da faixa de freqüencias de áudio. Para corrigir isso foram criadas várias curvas de compensação.

COMO OBTER OS LOGARÍTMOS DOS NÚMEROS
 
 Você pode obter os logarítmos dos números ou através de uma tabela de logarítmos,
ou utilizando sua calculadora cienntífica ou no próprio computador. No Windows Xp,
está o caminho indicado. No gráfico acima está indicado o caminho para obter
o logarítmo de 2.
 
Retornar à página de Teoria Musical